VIVER DÁDIVA É, brasileiro ser,comenda é

VIVER DÁDIVA É, brasileiro ser,comenda é

28 de mar de 2013

Deva Premal - Om Namo Bhagavate TEMPO

Em tempo do caminho trilhar
Tempo ao Tempo peço e clamo
Sob acordes esses de Deva, mantra lindo
hino quase, aos amigos e amigas,dedico.

ATÉ BREVE
SE ELE PERMITIR!

FIQUEM BEM

24 de mar de 2013

ALÉM DO HORIZONTE HÁ OUTRO CÉU BRILHANTE

Loucos e Santos Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila. Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante. A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos. Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo. Deles não quero resposta, quero meu avesso. Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim. Para isso, só sendo louco. Quero os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças. Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta. Não quero só o ombro e o colo, quero também sua maior alegria. Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto. Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade. Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos. Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça. Não quero amigos adultos nem chatos. Quero-os metade infância e outra metade velhice! Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa. Tenho amigos para saber quem eu sou. Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que "normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril. Oscar Wilde




a disse... Bom dia Regina e Ricardo. Oração da Serenidade. Concede-me, Senhor, a serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso modificar coragem para modificar as que eu posso e sabedoria para distinguir uma da outra – vivendo um dia de cada vez, desfrutando um momento de cada vez, aceitando as dificuldades como um caminho para alcançar a paz, considerando o mundo pecador como ele é, e não como gostaria que ele fosse confiando em Deus para endireitar todas as coisas para que eu possa ser moderadamente feliz nesta vida e sumamente feliz contigo na eternidade. Amém. 11 de abril 2011 RENATA GOMES FARIA
Por toda minha Vid
menino! Ilumine sua alma com seu sorriso, lembre-se de que a vida nos tira muito, mas também lhe deu muita riqueza, valores que dinheiro algum poderia comprar. Obrigada pelo privilégio de ser parte do seu espaço e do seu coração, porque tudo que está aqui é feito por ele. Bjs para vc e Regina. Mellíss








Dilmar Gomes disse...




Amigo Calmon essa música dos Titãs diz uma grande verdade. Não sei se foi inspirada no poema do Jorge Luis Borges, o qual é muito lindo. Não tomes por abuso, mas fui tentado a colar aqui:
Jorge Luiz Borges
VIVER A VIDA

A vida é muito preciosa, e precisamos aproveitá-la hoje, a cada momento. Porque depois pode ser tarde...

"Se eu pudesse novamente viver a vida...
Na próxima...trataria de cometer mais erros...
Não tentaria ser tão perfeito...
Relaxaria mais...
Teria menos pressa e menos medo.
Daria mais valor secundário às coisas secundárias.
Na verdade bem menos coisas levaria a sério.
Seria muito mais alegre do que fui.
Só na alegria existe vida.
Seria mais espontâneo...correria mais riscos, viajaria mais.
Contemplaria mais entardeceres...
Subiria mais montanhas...
Nadaria mais rios...
Seria mais ousado...pois a ousadia move o mundo.
Iria a mais lugares onde nunca fui.
Tomaria mais sorvete e menos sopa...
Teria menos problemas reais...e nenhum imaginário.
Eu fui dessas pessoas que vivem preocupadamente
Cada minuto de sua vida.
Claro que tive momentos de alegria...
Mas se eu pudesse voltar a viver, tentaria viver somente bons momentos.
Nunca perca o agora.
Mesmo porque nada nos garante que estaremos vivos amanhã de manhã.
Eu era destes que não ia a lugar algum sem um termômetro...
Uma bolsa de água quente, um guarda chuvas ou um paraquedas...
Se eu voltasse a viver...viajaria mais leve.
Não levaria comigo nada que fosse apenas um fardo.
Se eu voltasse a viver
Começaria a andar descalço no início da primavera e...
continuaria até o final do outono.
Jamais experimentaria os sentimentos de culpa ou de ódio.
Teria amado mais a liberdade e teria mais amores do que tive.
Viveria cada dia como se fosse um prêmio
E como se fosse o último.
Daria mais voltas em minha rua, contemplaria mais amanheceres e
Brincaria mais do que brinquei.
Teria descoberto mais cedo que só o prazer nos livra da loucura.
Tentaria uma coisa mais nova a cada dia.
Se tivesse outra vez a vida pela frente.
Mas como sabem...
Tenho 88 anos e sei que...estou morrendo."
Jorge Luiz Borges

Um grande abraço, meu amigo.
Tenha uma linda semana.

20 de mar de 2013

AOS MESTRES COM CARINHO E UM PROFUNDO RESPEITO

AOS MESTRES DO MUNDO, TODOS OS GIRASSÓIS
Esses campos todos, pétala por pétala,edificaste,da Educação através,Obrigados,MESTRES
Semeias por vida toda tua a EDUCAÇÃO,
sem esforços nunca medir e avaliar,sempre e sempre
com Sacrifício, Orgulho, e UM AMOR IMENSURÁVEL

19 de mar de 2013

POESIA DE OUTONO BY MARILÚ


Queridos amigos,
Façamos como as árvores 
nesta nova estação de outono,
que se despem das folhas 
mortas. 
Temos que nos despir de
todas as mágoas, tristezas, 
incertezas, desamor.
Vamos abrir nosso coração
enchê-lo de amor, amizade, 
solidariedade.
Quando a primavera chegar
estaremos prontos a
encher nossos jardins de 
flores de esperança.
Beijokas 
MARILÚ
                                                                             


16 de mar de 2013

A DOÇURA DE VIVER E MANTRAS ESSES SUGAR


En BOURRÉ, A VIDA SAÚDO, TRIBUTO E CLAMO,DANÇANDO E DANÇANDO

A menino! Ilumine sua alma com seu sorriso, lembre-se de que a vida nos tira muito, mas também lhe deu muita riqueza, valores que dinheiro algum poderia comprar. Obrigada pelo privilégio de ser parte do seu espaço e do seu coração, porque tudo que está aqui é feito por ele. Bjs para vc e Regina. Mellíss.
Dançando en bourré flamejante com doçura, a vida saúdo.
A Gaya agradecendo o sorver dessa existência.


14 de mar de 2013

UM PAPA E DOIS FRANCISCOS

A escolha do nome por parte de um Papa não é acaso nem questão de gosto.No nome reflete-se um projeto:o projeto do novo Pontífice, um sinal ao mundo de que linhas teológicas, atitudes pastorais e políticas de governo marcarão seu pontificado.
Texto em destaque (caixa alta) da crônica O PAPA É ARGENTINO, no jornal O GLOBO de 15/3 2013
autoria de Maria Clara Lucchetti Bingemer, Mestra da Pontifícia Universidade Católica PUC RIO DE JANEIRO

11 de mar de 2013

Aprendendo a Trilhar rumo a Íthaca

Verdade, aprendendo a trilhar rumo à Ithaca estou, cada vez mais intensa, a trilha percebo.
Junto a Gaya, aprendo a perceber a formação das nuvens, densas, cumulus ninbus como se fossem. a presença suave de Renata e Mélisss percebo, ninfas de Botticcelli como se fossem, Chorão ao longe, sôbre o eskate quase voa , nesse deslizar de asfalto e calçadas.
OM NAMAH SHIVAYA, em ouvidos meus inoculam,brisa das florestas sentindo.

Em mantra esse, nas águas em mentalização , flutuo quase, meus amigos e amigas sentindo,como se UNO fôssemos e Somos, Uma Gota tão somente em unidade e solidariedade

TROVANTE SER POETA POUR CHORÃO



                                                                             
                                                                                  

MAL DE TOI póstumo tributo

Graziela Gonçalves, ícone de Chorão,poeta irmão
no abissal amor, não é a primeira vez e nem última será, que anjos poetas, sucumbem diante de um abissal amor, como a ti , por ele devotado, a antologia poética de suas músicas,exalam você!
                                                             
O poeta passou, diva sua ficou,além de um amor  infinito
Certeza tenha, Chorão, que em Dias De Luta e Dias de Glória,
em coração nosso,tatuado estás enquanto chama houver em nossos corações, assim Vinicius disse e eternizou, assim como você e músicas suas doces, puro mel.
Você vai deixar saudade, poeta infinito
Vá, Chorão, lindas canções por amor teu ainda farás
e de alguma maneira, amor teu escutará!
Chorão, Amado Poeta
ADEUS

9 de mar de 2013

Noventa e Três Milhões de Milhas Ao Sol


Oh! Meu Pai Irrefutável, ele me disse,filho: ás vezes pode parecer escuro, mas a ausência da Luz, é uma parte necessária,
apenas certeza tenha que você não está sózinho
                                                                           
Onde quer que você vá ou esteja.
voltar para casa sempre poderá!

As pessoas preparam-se ,preparam-se,porque lá vem UMA LUZ,
Uma Linda LUZ,Além do Horizonte,Dentro de Nossos Olhos

5 de mar de 2013

: Lascia ch'io pianga

A tragédia de Santa Maria, pelo tempo passa, mas a dor da perda continua
Imagino a dor sentida e nunca reprimida de pais , amigos e amores dilacerados pela absoluta irresponsabilidade dos homens públicos e empresários.
Sinto e também choro, pela sentida ausência desses jovens anjos, duzentos rapazes e moças morreram  em boate , como se em câmara de gás estivessem, tragédia absoluta, tristeza abissal.