VIVER DÁDIVA É, brasileiro ser,comenda é

VIVER DÁDIVA É, brasileiro ser,comenda é

9 de nov de 2012

LE DOR VA DOR VIVER



 LE DOR VA DOR LE DOR VA DOR Ou no original em hebraico, de geração em geração. Diz meu amigo Ricardo Calmon, incansável guerreiro, que 'viver é pura magia'. E é. Mas isso, meus amigos, não se diz impunemente, é preciso criar e treinar o olhar que encara a vida e seus desígnios sob essa ótica, sem se distanciar de valores que dizem respeito à troca e doação. No caso dele especificamente, um mestre no assunto, levou seus requisitos além, muito além do simples existir (Oscar Wilde escreveu 'viver é a coisa mais rara do mundo; a maioria das pessoas apenas existe') e fez valer a frase que dá título ao seu blog. Acredito que é apenas dessa maneira que a vida se torna uma grande dádiva, um exercício em que toda sorte de preciosidades trabalha a favor do fator humano, não como indivíduo que é, mas como elo de uma corrente imaginária e infinita que, quebrada qualquer ligação, leva o todo consigo. Exemplos de bondade não nos faltam, assim como exemplos do simples existir. Quando a vida se torna uma corrida desenfreada em busca de segurança, traduzida no acúmulo de bens que criam a condição ilusória da 'salvação' e que passam a representar o foco de toda uma trajetória, a semente divina deixou de soprar, substituído pela simples existência. Quando deixamos de valorizar os pequenos sabores do dia a dia, simplesmente porque perdemos a sensibilidade para com eles, é chegado o momento de parar e refletir. Ninguém vive apenas das emoções, naturalmente; é necessário um trabalho árduo no dia a dia para garantir condições de subsistência e progresso, elevando-se padrões. Mas daí a ter essa estrada como única referência, ignorando as oportunidades que se apresentam em nossas vidas para fazer e receber o bem, seja através de um gesto, sorriso ou palavras, é entrar em terreno escorregadio e perigoso. Como diz minha amiga Cris Toth, 'um propósito materialista sem a perspectiva espiritual não sobrevive por muito tempo'. Parece que se encaixa com perfeição. Esse é o meu olhar. Respeita os demais, entende sua natureza, mas pauta-se pela sua própria sensibilidade. É ele quem cria minha trajetória entre erros e acertos, glórias e derrotas, conquistas e decepções. Esse é o meu conceito de vida. Nunca deixei de sorrir para ela, assim como ela nunca deixou de sorrir para mim. Sou pai, sou filho, sou o acúmulo de meus registros e daquilo que procuro transmitir adiante. A palavra, quase sempre, é meu instrumento. Dedico este post aos meus pais, responsáveis por parte daquilo que hoje sou, e minhas filhas, que me fazem acreditar, sempre, que o propósito maior é a base de toda educação, mesmo com trabalho que dá (rs). E ao velho e bom Ricardo, sem o qual viver ainda seria magia, mas não com a mesma qualidade. Uma ótima semana para todos! NOTA DO EDITOR:nesse compartilhar lindo,que é a VIDA,retribuo o post lindo que ganhei de meu bom ANDRÉ CHARACK autor do BLOG DO MENSAGEIRO!HUHUUUU!VIVA VIDA!

2 comentários:

  1. Meus queridos Ricardo e Regina

    Muito belo este texto que me emocionou muito.

    Deixo o meu beijinho carinhoso
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  2. Como vc está guerreiro, herói???
    Sei que irá vencer mais essa batalha.
    Um final de semana iluminado para o casal.
    bjs KK

    ResponderExcluir