VIVER DÁDIVA É, brasileiro ser,comenda é

VIVER DÁDIVA É, brasileiro ser,comenda é

31 de dez de 2010

AO MEU AMADO POVO PORTUGUES

NASCIDO EM MANAUS,AMAZONAS,NESSE QUASE ROMPER DE CICLO,AO POVO PORTUGUES TRIBUTAR NESSE, QUESTÃO FAÇO,QUANDO CRIANÇA EM TERRA NATAL MINHA,APRENDI A MÚSICA AUSCULTAR E ASPIRAR,COM OS PORTUGUESES E FAMÍLIAS SUAS, A CULTURA , A SENSIBILIDADE, A SOLIDARIEDADE,A TERNURA,A GENEROSIDADE.
A POESIA, ASSIM COMO  A HONRA DE CONHECER A OBRA DE FERNANDO PESSOA ,AINDA MENINO,AOS LUSITANOS DEVO,MAS O QUE MAIS ME MARCOU COM OS PORTUGUESES,FORAM EM DUAS LIÇÕES,A ARTE DE AMAR E A ARTE DE PERDOAR .
OBRIGADO MEU AMADO E INESQUECÍVEL,PORTUGUES POVO,MEUS IRMÃOS!


6 comentários:

  1. A portuguesa,que sou eu,agradece comovida!
    Sabe,meu Amigo,ñ conheço o Brasil,
    mas AMO o Brasil de coração mesmo!
    Habitualmente digo que,de temperamento sou + brasileira que portuguesa!
    Até descobrir que tenho um tetravô
    brasileiro dizia: Adão e Eva eram brasileiros!
    Explicava assim a minha maneira de ser.
    Beijo.
    isa.

    ResponderExcluir
  2. Como portuguesa amiga sua, agradeço as suas lindas palavras.
    Se um dia vier a Portugal conte comigo!

    Beijinhos muitos meu mago da vida!

    ResponderExcluir
  3. brigado , a cada novo amigo, uma nova magia puf, puf, feliz ano novo bjus tere.

    ResponderExcluir
  4. Meu querido Ricardo!

    Meu irmão amado!
    Fizeste-me chorar e sorrir muito.
    O B R I G A D A!

    Tens uma ou mais costelas portuguesas... para amares assim Portugal e o meu povo.
    Amigo, Mariza é Portugal no seu melhor, no seu expoente máximo.
    Eu vi-a ao vivo e emocionei-me com cada tema.
    Levei comigo Britânicos que quase nada entenderam e que vibraram comigo, com o meu povo todo este amor sentido a Portugal.
    Obrigada meu querido amigo.

    Estás no meu coração, do Josém do Pedro e da Maria José.
    Tem coragem amigo, melhores dias virão para ti em especial. Tu mereces!

    Deixo-te um poema inédito da nossa amiga Maria José.

    Beijos e Abraços de todos nós


    A força das palavras

    Às vezes penso na força que as palavras têm.
    Mais fortes que um vendaval,
    Que uma pedra rolante,
    Que a chuva de Agosto,
    Ou mesmo que a sétima onda do mar
    Em tempo de maré cheia.
    As palavras acarreiam toneladas
    De doçura
    Espalham milhões de afectos
    E falam de Amor.
    É bom ter as palavras à nossa beira.
    Na rua e na eira,
    Na praia e na cama,
    No dia e na noite,
    Na gaveta da mesa-de-cabeceira.
    No chão e na lama,
    No ar e nas estrelas,
    Na dor e na alegria,
    No grito e no canto,
    No teu olhar e no espanto
    De saber que podem ser nossas.
    Nossas e dos outros
    Apeadas em cada rosto
    Sustidas em todas as mãos.
    As palavras são irmãs do gesto,
    Amigas do caminho,
    Companheiras do sonho
    Amantes, sedutoras do Universo.
    Às vezes penso
    Na força que as palavras têm.

    Maria José Areal

    ResponderExcluir
  5. Querido amigo

    Hoje a minha visita
    é para agradecer.
    Cada visita sua ao meu espaço
    de sentimentos,
    inspira alegrias em
    minha vida,
    e leva o que de melhor
    existe em mim.

    Sua amizade é preciosa
    em minha vida,
    e há de continuar a ser
    neste novo ano
    que está nascendo.

    ResponderExcluir